carrossel-2-o-sumiço-de-maria-joaquina

 

A crítica de hoje será diferente do que vocês estão acostumados a ler por aqui. Hoje ela será dividida em duas partes, a primeira a visão adulta do filme e a segunda parte teremos um convidado especial para dar seu parecer sobre o filme. Convidado esse que acompanhou toda a novela Carrossel e já assistiu diversas vezes o primeiro filme. Com certeza ele terá mais propriedade para falar da história em si.

 

Visão adulta:

O segundo filme da galerinha do Carrossel tem como tema central o sequestro da personagem Maria Joaquina. Famosas por conta do sucesso do clipe de PanáPaná na internet, as crianças chamam a atenção de Didi Mel, uma estrela da música brasileira, que decide convidar todos da escola Mundial para um de seus shows.

 

021046.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

 

No entanto, o que tinha tudo para ser uma ótima excursão ganha ares de filme de terror quando os vilões Gonzales (Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho), recém-saídos da prisão, decidem sequestrar Maria Joaquina (Larissa Manoela).

Os bandidos então entram em contato com toda a turma por chamadas de vídeo, em intervalos de minutos, e a cada ligação passam uma missão para ser cumprida e assim as crianças ganhando pistas para encontrar a jovem.

O filme é divertido e dá para dar boas risadas, voltando bem para o universo pré- adolescente, com um ritmo de tempo bem adequado e com imagens coloridas e claras. Evidente que todo o contexto é exagerado e praticamente impossível de acontecer, como por exemplo uma professora sair por aí com uma turma de alunos pela cidade de São Paulo atrás de pistas de sequestradores, mas agrada o universo infanto-juvenil.

 

323465.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

 

O longa ainda conta com várias participações especiais como Paulo Miklos, Oscar Filho, Miá Mello, Elke Maravilha, Falcão (Futsal), Carlos Bertolazzi e muito mais.

Penso que o filme apenas pecou no excesso de beijos juvenis, por mais que seja a idade que muitos jovens começam a dar seus primeiros beijos, acredito que isso pode ser de certa forma influenciável, já que há diversas idades que acompanham essa turma e outro fato é a trilha sonora ser baseada basicamente em funks “inocentes”.

Nota: 9

 

Visão do Murilo (10 anos):

“Eu gostei das partes em que a turma e a Profª Helena tiveram que executar provas para salvar a Maria Joaquina das garras dos bandidos Gonzalez e Gonzalito.

Esse filme comparado com o anterior é melhor, pois explora a amizade e o outro explora a aventura. O que não gostei foi a personagem Didi Mel e acho que deveriam melhorar um pouco a trilha sonora. Minha nota é 10.

 

Confira o trailer:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.