lucharan-por-el-bebe-de-bridget-jones-eee687d2c6f2ad640e7e5df8637cb129

 

Ela está de volta depois de mais de dez anos, Bridget retorna com situações ainda mais engraçadas e constrangedoras.

Em crise no trabalho, tentando manter uma boa relação com o ex e aproveitando sua vida de solteira com um desconhecido (Patrick Dempsey), Bridget tem uma surpreendente revelação: está grávida – e não tem certeza de quem é o pai da criança.

Com um elenco de peso a sequência garante boas risadas e cenas de suspiros. É notória a preocupação do roteiro em fazer ligações e analogias com os filmes anteriores, e com sucesso. Várias piadas, detalhes e lugares remetem a história já contada antes, os fãs sem dúvida vão se maravilhar com isso.

 

Resultado de imagem para o bebe de bridget jones

 

Destaque para o personagem Jack Qwant (Patrick Dempsey) você irá chorar de rir com ele e ao mesmo tempo suspirar, ou seja, papel bem no estilo que o ator está acostumado interpretar. Dava para ouvir como um coro no cinema “ouuun” , “que lindo”, entre outros. A cena do segundo encontro com toda certeza vai te deixar apaixonada.  Mark continua o mesmo, sem sal, sem carisma, sem nada, aliás até falas faltaram para o personagem. Fala pouco, não convence e é chato. Bridget continua sendo Bridget, porém agora muito mais resolvida, animada, madura, magra e com muito botox no rosto.

 

Resultado de imagem para o bebe de bridget jones

 

Evidente e esperado que é o filme seja bem água com açúcar, típico filme de mulher, futuro sessão da tarde, porém encantador. As piadas são na medida certa, exceto pela sequência chuva-trabalho de parto – ida ao hospital, humor leve, gostoso e adequado. O filme não apela, pelo contrário é seguro ao que quer mostrar e mantém sua identidade.

Final nada surpreendente para esse tipo de longa, o que não deixa de ser lindo, leve e que faz bem para a alma. Poderia ter sido um final perfeito, exceto por um detalhe.

 

NOTA: 8

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.