camila-rodrigues-_-foto-daniel-lima

O filme “O Último Virgem” estreou no dia 1 de dezembro e traz no elenco uma participação pra lá de especial, a linda atriz Camila Rodrigues. Ela conversou com a nossa equipe e ainda mandou um recado para vocês leitores.

Confiram:

 

Como você enxerga a Religião X Virgindade? 

Camila: Eu tenho uma formação pessoal de vida na igreja, desde sempre. Isso nunca foi um tabu pra mim. Depende muito como a pessoa vê isso e como a família lida.

 

Existe ainda um tabu dos pais conversarem sobre a sexualidade em casa com os filhos?

Camila: Hoje em dia um pouco menos, melhorou muito. Até porque as coisas estão mais acessíveis. Inclusive outro dia eu estava no meu prédio e ouvi um assunto absurdo de crianças de 7/8 anos.

Infelizmente não filtram mais o que passam na TV, muitas vezes a criança liga e já está passando cenas absurdas de manhã/tarde. Então isso passou a ser natural, mas não pode ser banalizado essa coisa do corpo e das relações.

 

Você que já trabalhou como modelo e vive nesse mundo artístico, já recebeu algum proposta indecente? 

Camila: Eu nunca recebi tão diretamente, mas a gente sente no ar algumas intenções. Cabe você dar o passou ou se fingir de desentendida. Graças a Deus eu soube me sair, fingi de desentendida e a vida continua.

 

Como foi receber o convite para fazer o filme?

Camila: Faz dois anos e meio quando fui chamada. Todo mundo muito novo e afim de fazer um filme. Foi me falado que o orçamentamento era pequena e que eu teria uma ajuda de custo, mas respondi que eu queria fazer, que acreditava e gostava do projeto.

 

Como na história, você já se apaixonou por algum professor?

Camila: Não, meus professores sempre foram muito feios, mas se tivesse algum bonitinho acho que eu me apaixonaria.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.