sully

 

15 de janeiro de 2009. Logo após decolar do aeroporto de LaGuardia, em Nova York, uma revoada de pássaros atinge as turbinas do avião pilotado por Chesley “Sully” Sullenberger (Tom Hanks). Com o avião seriamente danificado, Sully não vê outra alternativa senão fazer um pouso forçado em pleno rio Hudson. A iniciativa é bem sucedida, com todos os 150 passageiros a bordo sendo salvos. Tal situação logo transforma Sully em um grande herói nacional, o que não o isenta de enfrentar um rigoroso julgamento interno coordenado pela agência de regulação aérea nos Estados Unidos.

 

Resultado de imagem para sully

 

Para os que acham que se trata de um longa de drama, engana-se, o foco sem dúvida é a investigação pós acidente.

O filme chama atenção pela forma em que divide as cenas, em uma espécie de flash back, o tempo e o desenrolar da história começa pelo fim, penso que por muitos espectadores saberem o que aconteceu naquele dia, mas Eastwood consegue criar bastante tensão ao mostrar o ponto de vista do controlador de tráfego aéreo antes de o voo terminar, e durante a evacuação do próprio avião. Interessante como o tempo foi dividido de forma perfeito, em que mostra a visão do pilote e todo o problema que ele teve após esse ato heroico. O que por sua vez, o pós acidente não foi tão divulgado pelas mídias.

 

Resultado de imagem para sully

 

Não é surpresa que Tom Hanks fez uma atuação impecável, vivendo o personagem de maneira integral. Sua seriedade e cautela torna qualquer papel um grande sucesso.

As montagens, os efeitos especiais e as performances são tão reais que praticamente colocam o espectador dentro daquele voo.

Imagem relacionada

 

O filme mostra Sully não apenas como um herói, por conseguir a proeza de fazer um pouso forçado no meio do rio Hudson, mas sim por preservar a vida daqueles passageiros.

O longa porém, por ir direto ao ponto, não é explorado  como deveria ser, há uma sensação de que falta algo a ser mostrado. História incrível, filme bom, mas que tinha tudo para ser excelente.

 

Nota: 8,0

 

Trailer:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.