Resultado de imagem para antes que eu vá

Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que pode desejar da vida…No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino no dia 12 de fevereiro, um dia que seria um dia como outro qualquer se não fosse o dia de sua morte. Porém, segundos antes de realmente morrer, ela terá a oportunidade de mudar aquele seu último dia e, talvez, o seu destino.

Sim, você já assistiu esse mesmo enredo por diversas vezes, porém com títulos diferentes “Antes que Termine o Dia”, “Questão de Tempo”, “Homem do Futuro”, “O Efeito Borboleta”, “No Limite do Amanhã”, “Revivendo o Natal”, “Feitiço no Tempo”…ou seja sem muita novidade ou suspense no que irá acontecer no decorrer da história.

Resultado de imagem para antes que eu vá

Samantha irá viver por mais de quatro vezes o mesmo dia, como previsível nos primeiros dois dias ainda assustada com a situação e nos seguintes cheia de estratégias para mudar a maneira como lida com as pessoas e situações. O longa aborda temas importantes como o trato com os demais, bullyng, questões familiares, a intenção é boa, mas o roteiro se perde e não se aprofunda em nenhum deles.

De patricinha fútil para mocinha de bom coração, o filme não traz inovação e repete o enredo dos filmes já citados. Apesar de que, esse é voltado mais para o público jovem, o que irá agradar muito os telespectadores das sessões da tarde daqui uns anos, por sua pureza, inocência e ritmo.

Imagem relacionada

Zoey Deutch não convence, o que faz com que a mágica e sensibilidade se tornem em vão pelo fato da atriz não viver de forma integral a personagem.

A trilha sonora é fraca e não empolga, porém, a fotografia ganha destaque por belas imagens e composições.

O final é apresentado de forma tão rápida, simples e sem lógica, que fica uma dúvida se realmente o filme termina ali mesmo depois de tanta enrolação.

Nota: 4,0

Trailer: