A Disney atingiu a marca de US$ 6 bilhões arrecadados nas bilheterias mundiais em 2017.  O valor bilionária foi atingido nos últimos dias do último mês do ano e assim o estúdio do Mickey conseguiu um feito inédito: ser a primeira companhia de Hollywood a atingir tal marca anual duas vezes — e por dois anos consecutivos.

Imagem relacionada

Considera-se a bilheteria global de todos os lançamentos de estúdios que integram a lista de subsidiárias da The Walt Disney Company, incluindo a Pixar Animation Studios, a Lucasfilm e a Marvel Studios, por exemplos. A marca de US$ 6 bilhões foi alcançada graças ao desempenho de Star Wars: Os Últimos Jedi, que estreou no Brasil no dia 14 de dezembro de 2017. Nos Estados Unidos, o filme dirigido por Rian Johnsonentrou em cartaz no dia seguinte, 15 de dezembro. Até então, o Episódio VIII da franquia criada por George Lucas arrecadou US$ 777 milhões.

A notícia sobre as bilheterias surge poucos dias depois da companhia a compra de parte da 21st Century Fox, incluindo os estúdios 20th Century Fox, por US$ 52,4 bilhões. A compra histórica certamente fará do conglomerado um gigante ainda maior nas bilheterias em 2018.

Resultado de imagem para a bela e a fera

Em 2017, o filme mais rentável da Disney foi a versão com atores de A Bela e a Fera, estrelada por Emma Watson. O longa-metragem arrecadou US$$ 1,263 mostrando que as audiências globais estão muito abertas para as releituras live-action de clássicas animações do cânone da companhia fundada por Walt Disney. Alice no País das Maravilhas (2010), por exemplo, também mais de US$ 1 bilhão de receita.

Em 2016, a Disney chegou a US$ 6 bilhões arrecadados nas bilheterias no começo de novembro graças a filmes como Doutor Estranho, Procurando Dory, Mogli, O Menino Lobo e Capitão América: Guerra Civil.