A produção original da Netflix “O Princípe do Natal” é aquele filme que você se apaixona logo nos primeiros minutos. A sensação nostalgica e pureza são destaques para produção.

O Príncipe do Natal : Foto Ben Lamb, Rose McIver

Quando uma repórter chamada Amber (Rose McIver) se disfarça de tutora para fazer uma reportagem inspirada na vida de um príncipe playboy, ela acaba se envolvendo em uma intriga real e vive uma grande paixão. Porém, depois de encontrar o amor de sua vida, será que Amber vai ser capaz de manter sua mentira em nome de uma matéria?

O Príncipe do Natal : Foto

Como quase todos os filmes que representam o período natalino, esse também está repleto de clichês, porém aqueles gostosos de assistir, doce, puro e simples.

O longa tem a cara da sessão da tarde no dia 25 de dezembro, e isso não é uma crítica. Ideal para todas as idades e mostrando o quanto é importante conhecer realmente a pessoa, sem levar em conta o que os outros falam, conhecendo seu interior, medos, fraquezas e virtudes.

A produção de arte do filme fez um trabalho impecável, com riquezas de detalhes, cenários e uma paleta de cores um tanto quanto elegante, que predominaram as cores vermelha e azul escuro. Consequentemente a fotografia ficou divina, um filme que enriquece os olhos com belas imagens.

Nota: 10

Trailer: