1992. Os X-Men são considerados heróis nacionais e o professor Charles Xavier (James McAvoy) agora dispõe de contato direto com o presidente dos Estados Unidos. Quando uma missão espacial enfrenta problemas, o governo convoca a equipe mutante para ajudá-lo. Liderado por Mística (Jennifer Lawrence), os X-Men partem rumo ao espaço em uma equipe composta por Fera (Nicholas Hoult), Jean Grey (Sophie Turner), Ciclope (Tye Sheridan), Tempestade (Alexandra Shipp), Mercúrio (Evan Peters) e Noturno (Kodi Smit-McPhee). Ao tentar resgatar o comandante da missão, Jean Grey fica presa no ônibus espacial e é atingida por uma poderosa força cósmica, que acaba absorvida em seu corpo. Após ser resgatada e retornar à Terra, aos poucos ela percebe que há algo bem estranho dentro de si, o que desperta lembranças de um passado sombrio e, também, o interesse de seres extra-terrestres.

Resultado de imagem para x men fenix negra

O longa tão esperado é uma mistura de quero mais com esperava mais. Apesar de terem sido os pioneiros dos grandes heróis, com o passar dos anos os X-Men mudaram muito, assim como trocaram de diretor, roteirista, elenco, tiveram decepcionantes spin-offs e se perderam em meio a tudo isso. 

O roteiro de Simon Kinberg não empolga e deixa um filme morno, em que sempre parece que terá uma reviravolta que nunca chega.

O grande acerto foram os efeitos especiais e toda a grandiosa produção, que fica algo bonito de ser ver, mas aquela velha história ”por fora bela viola, por dentro pão bolorento”.

Nota: 6,0