Se você gostou e se emocionou com “ Marley e Eu”, por favor, não assista “Meu Amigo Enzo” caso não queira se apaixonar e sair do cinema aos prantos de tanta emoção, poesia e sensibilidade. E, acabar percebendo que Marley nem é um filme tão bonito assim.

Resultado de imagem para meu amigo enzo

Sabe aquele filme que marca? Há tanta beleza e sentimento em cada detalhe da obra que fica difícil definir uma cena favorita ou mais emocionante que a outra.

Ao contrário de alguns filmes de cachorros que “falam”, esse realmente parece que o cachorro está falando com o olhar, com os gestos e com tanta sensibilidade. O grande acerto é o fato de apenas o espectador conseguir ouvir os pensamentos do cão, o que deixa o filme mais maduro e extremamente emocionante.

Resultado de imagem para The Art of Racing in the Rain)

O roteiro baseado no best-seller, “A Arte de Correr na Chuva“, escrito por Garth Stein, apesar de focar na visão do animal, desenvolve bem a história dos personagens humanos. Mesclando o amor entre o cachorro e seu dono, os conflitos da vida adulta e Fórmula 1.

A trilha sonora é envolvente e marcante, com várias músicas agitadas e bem conhecidas do público.

O longa surpreende do começo, meio e fim. É sério, quando você acha que já entendeu tudo, que sabe o que vai acontecer…tudo muda e te deixa de boca aberta. O único defeito é o título!

Resultado de imagem para The Art of Racing in the Rain)

“Meu Amigo Enzo” é o filme que vai te desidratar, que vai fazer você querer correr para abraçar seu cachorro e que marcará sua vida.

PS: Não é filme da Marvel, mas metade do cinema não levanta nos créditos para poder se recompor.

Nota: 10

Trailer (não mostra nem metade da beleza da obra):