Filme americano disponível na Netflix.

Sinopse: Quando o casamento entre David (Geoff Stults) e Tessa (Katherine Heigl) termina, ele fica com a casa e com a guarda da filha pequena. Tessa, furiosa com a situação, descobre que ele já está envolvido com uma nova mulher, Julia (Rosario Dawson), uma vítima de abuso por parte do ex-marido. Enquanto Julia se adapta à vida de madrasta, Tessa bola um plano para sabotar a nova namorada de David e retomar o relacionamento.

Vale a pena assistir? Sim. A história é um suspense psicológico leve, e com um enredo simples, porém que prende o público. O roteiro deixa muitas pontas soltas e coisas inexplicáveis, o que acaba incomodando um pouco ao assistir e tentar adivinhar as respostas que não são dadas. Destaque para a Katherine Heigl que com muita superioridade e elegância conduz a personagem que é a grande cereja desse filme. Apesar do filme crescer no primeiro e segundo ato, ele acaba sendo exagerado e um tanto quanto dramático no final. É aquele longa que você ama, porém acha que estragaram o desfecho.

Nota: 7,0.