Créditos: Luciana Mello

Acaba de sair a lista e os detalhes da programação do 48º Festival de Cinema de Gramado, que acontece de 18 a 26 de setembro. Neste ano, as transmissões dos filmes e dos debates com equipes de produção, serão exibidas no Canal Brasil e via streaming.  Entre os selecionados está o longa brasileiro “Por que Você Não Chora?”, dirigido por Cibele Amaral. O drama denso com história forte, conta com grandes atrizes, entre elas Carolina Monte Rosa, que interpreta Jéssica, uma jovem muito fechada, que encontra Barbara (Barbara Paz), uma bomba relógio. Em um estágio da faculdade de psicologia, Jéssica atende Bárbara e a convivência a leva a questionar sua vida vazia e sem significado.

O longa aborda um assunto bem delicado e difícil de ser tratado nos cinemas, o suicídio. “É um filme que busca mostrar as diferentes formas de existir e de se relacionar. Assuntos como esse precisam ser tratados com muito respeito e cuidado. Esses temas existem e acontecem, por isso devem ser falados cada vez mais”, comenta a atriz.

Para se preparar, Carolina passou por um processo exaustivo e minucioso de transformação. No longa ela tem uma atuação contida e de grande impacto, que promete emocionar o público.

Sobre estar no 48º Festival de Cinema de Gramado, Carolina comemora: “Acredito que seja um sonho para qualquer ator brasileiro participar de um festival tão tradicional e grandioso como esse, mas acho que mais do que estar feliz como atriz, é uma alegria pelo filme. Ele precisa ser visto e o festival de Gramado é uma vitrine, que confere a garantia de que vale à pena assisti-lo”

E para quem não lembra, esse não é o primeiro filme com um assunto considerado tabu que a atriz brasiliense atua. Em 2019 ela estrelou no longa “Eu Sinto Muito”, onde interpretou o denso papel de Marta Medeiros, uma policial da PMDF com transtorno de borderline.  “É um presente poder fazer filmes que não só entretém, mas trazem importantes discussões para debate. A experiência anterior me fez compreender um pouco mais de como o público recebe e dialoga com os desafios da saúde mental”, finalizou Carolina. 

Mais sobre Carolina Monte Rosa 

A atriz brasiliense Carolina Monte Rosa ficou conhecida após ganhar um walk-on role na série americana Mad Men, em 2010. Além dos longas “Eu Sinto Muito” (dir. Cristiano Vieira) e “Por que Você Não Chora?” (dir. Cibele Amaral), ela gravou em 2018 com Filipe Gontijo e Henrique Siqueira o premiado filme de realidade virtual “Quando Nasce uma Heroína”, onde interpretou Anna Nery, a padroeira da enfermagem no Brasil. O longa viajou o mundo em festivais, levando prêmios de melhor filme VR na Argentina e África do Sul. 

Além disso, com Bernardo Felinto criou um romance intimista no curta “Me Deixe Não Ser”, um filme singelo de Kleber Macedo, que também rodou festivais independentes pelo mundo afora coletando prêmio de melhor roteiro no festival de Los Angeles e Nova Jersey.  

Mais sobre a diretora Cibele Amaral

Cibele Amaral é roteirista, diretora e produtora cinematográfica brasileira, que atua no mercado audiovisual desde 2002. A cineasta assina o roteiro e a direção dos reconhecidos e premiados curtas “Enciclopédia do Inusitado e Irracional” (2007) e “Momento Trágico” (2003), tendo este último recebido 4 Kikitos no Festival de Gramado, inclusive de Melhor Curta. 

Escreveu também os roteiros dos longas “Ecoloucos – Uma comédia insustentável” e “Socorro”, além de ser responsável pelas séries “Réus”, “Machos” e “Falsianne”, que estão em processo de pré-produção e têm suas filmagens previstas para 2020 e 2021.

Contatos Imprensa:

Carol Freitas Assessoria

Ana Carolina de Freitas – 11 98110-6493

Carolfreitas.jornalista@gmail.com