Disponível na Netflix

Sinopse: Jorge (Leandro Hassum) é um homem rabugento que sempre odiou o Natal e costuma fazer de tudo para evitar as comemorações dessa data. Na véspera do feriado, ele cai do telhado e bate a cabeça. Quando acorda, percebe que está vivendo o Natal do ano seguinte, e continua revivendo diversos Natais em um ciclo interminável.

Vale a pena assistir ao filme? Sim. Primeiro filme nacional natalino da Netflix. Confesso que eu estava detestando o começo e o couro cabeludo amarelado do casal (provavelmente de uma caraterização mal feita), estava me incomodando mais que tudo. Porém, o filme ganha conteúdo e passa a ficar interessante. Jorge sofre um acidente na véspera do Natal e acorda um ano depois, sem lembranças do que ocorreu nesse período. Do riso ao choro, com belas lições sobre a valorização da família e de datas especiais. 

Nota: 8,0.