ACQUA MOVIE, o sexto longa do diretor pernambucano Lírio Ferreira (Baile Perfumado, Árido Movie, Cartola, O Homem Que Engarrafava Nuvens, Sangue Azul), rodado em São Paulo, Recife e interior de Pernambuco, é um road movie que apresenta a paisagem nordestina alterada pela transposição do Rio São Francisco e mostra a forte presença do coronelismo no país. 

A história de ACQUA MOVIE está centrada na relação entre uma mãe (Duda | Alessandra Negrini) e seu filho adolescente (Cícero | Antonio Haddad). Cícero encontra seu pai (Jonas | Guilherme Weber, mesmo personagem de Árido Movie) morto no banheiro de casa, vitimado por um infarto fulminante. Duda está na floresta amazônica realizando um documentário sobre a demarcação de terras indígenas. Mãe e filho partem de carro de S.Paulo a fim de resgatar o afeto mútuo e deixar as cinzas de Jonas na cidade onde ele nascera, no interior de Pernambuco.

Misto de aventura e investigação, o longa flerta com o gênero documentário e nos leva a um cinema inquieto, reenquadrando a premissa de que o mundo convive com a falta, de solidariedade e com o excesso de informação.